Luiz Felipe Scolari.

Luiz Felipe Scolari, também conhecido como Felipão, nasceu em Passo Fundo, RS. É um ex-zagueiro brasileiro (defesa central) e atualmente treinador de futebol. Foi campeão do mundo de futebol como técnico da Seleção Brasileira em 2002 na Copa do Japão e da Coréia do Sul. É desde 2003 técnico da Seleção Portuguesa, tendo prestigiado a Seleção Nacional Portuguesa nos torneios Internacionais em que tem participado, tanto no Europeu de 2004 em que se tornou vice-campeão como também na Copa do Mundo "Alemanha 2006" em que foi semi-finalista.

Alguns clubes que dirigiu: CSA-AL, Juventude-RS, Pelotas-RS, Al-Shabab-ARA, Grêmio, Al Qadsia-CAT, Criciúma-SC, Al Ahli-ARA, Jubilo Iwata-JAP, Palmeiras e Cruzeiro. Estreou no AYMORE/RS (1966); jogou pelo Caxias/ RS (7 anos), JUVENTUDE/RS, NOVO HAMBURGO/RS, CSA/AL (onde encerrou a carreira em 1982); treinador do próprio CSA, vai para o BRASIL/RS. Iniciou a carreira internacional na Arábia Saudita, indo depois para o Kuwait, Japão e Portugal (2004). Foi recordista de vitórias consecutivas em Copas do Mundo.

Atualmente treina a Seleção Brasileira para a Copa de 2014. Palestra: ATOS QUE GERAM FATOS! A importância de ter o objetivo definido e claro para o grupo; A importância de definir a responsabilidade de cada um no grupo; A importância da disciplina, dedicação, lealdade e responsabilidade; A importância de se conhecer o potencial de cada um no grupo; A importância de ter prazer no que está fazendo; Como formar um grupo de trabalho; Como evitar que as individualidades e vaidades prejudiquem o grupo; Como manter o grupo motivado; Como recuperar a motivação após um fracasso; Como cobrar e valorizar o grupo; Um líder pode fazer uma equipe campeã; Qual o papel do líder na escolha, no treinamento, no desenvolvimento na motivação de equipes; Existe um estilo ideal de liderança? Ou depende da maturidade e dos objetivos; Até que ponto um líder poder virar o resultado de um jogo; Como lidar com conflitos, estrelismos, pressões, e diferenças individuais nas equipes;